5 de março de 2008

O circo






A vida é um grande circo,vivemos sob o mesmo teto, assistindo ao mesmo espetáculo, mas poucos se dão conta do que acontece ali adiante, no palco. Alguns são meros espectadores entediados, outros mais ousados são o seu próprio espetáculo. É difícil se perder neste circo, que pode ser de horrores, maravilhas ou de uma fantasia distante.


Correria definiria bem o que pode ser a vida pra maioria dos que estão vivos, complicado é achar a verdade por debaixo da lona quando ela cai e vem aquela sensação de que tudo perdeu o rumo ou controle. O mais perturbador precipício de estar vivo é acreditar que existe algum controle sobre as nuances dos acontecimentos que cercam a todos.


Existe sim, uma linda apresentação, palhaços que querem fazer rir os outros, mulheres elásticas para provar que existe possibilidade na impossibilidade do existir, anões, mulheres barbadas que são assim a personificação do estranho em tudo que há. Bailarinas, crianças fascinantes que podem ser o que sonharem ser.


Irrefutável é acreditar que existe gente que prefere ficar na platéia sem dar atenção a beleza do desenrolar de tudo que representa a vida. Porque não participar do espetáculo é seu livre-arbítrio, afinal também é válido sentar-se e acompanhar avidamente a engrenagem da vida e tentar perceber nela o que muitas vezes passa desapercebido pela maioria.


No circo você pode pintar o rosto, esconder-se dos outros, de si mesmo porque encontrar-se consigo mesmo é doloroso e estridente, já quanto aos outros é natural não mostrar-se abertamente. Outros escolhem a cara lavada, domesticam os leões e dão a cara a tapa, o caminho é árduo, mas pode ser recompensador.


Existem muitos caminhos, o circo não é o lar é uma passagem, a qualquer hora pode ser hora de cerrar as cortinas e encerrar o espetáculo e assim seguir viagem. As malas nunca se desfazem, porque amanhã pode ser dia de ir embora...independente dos amigos feitos, do amores conquistados.Todo espetáculo tem seu fim e ponto.

Ananda Sampaio
***

Um comentário:

luciana disse...

Maguinha, tu é foda...

Gostei msm, gosto das tuas percepções sobre as coisas...

Ah! E te amo!
=)