5 de agosto de 2008

Saudades



O que sinto aqui dentro poderia se resumir em uma palavra: saudade!Sinto saudades suas, é saudades porque são muitas. Derivam-se uma das outras, nascendo e surgindo como se essas saudades tomassem conta de mim e eu apenas sobrevivesse. É Vô, sinto saudades até das suas piadas sem graça e daqueles comentários seus que me irritavam. O seu jeito antiquado e quadrado demais pra caber no meu mundo tão redondo, faz falta! Tudo faz falta, até os costumes irritantes, as manias inadequadas.

Vô, o senhor pra mim era a pessoa mais forte do mundo. Aquela sua pisada forte, o jeito alto e expressivo de falar, sempre certo de tudo que explicava. Faziam eu crer que a tua pessoa era feita de ferro e aço. Que ninguém poderia te ferir. Meu querido Avô, pergunto-me por onde andarás e se ainda traz em teu rosto aquele sorriso lindo, sempre acompanhado de um tapinha nas costas. O senhor foi um Pai pra mim, que privilégio eu sempre tive em ter tantas pessoas nas quais eu pudesse me esgueirar e descansar um pouco.

Não há em todo o léxico palavras que possam transmitir a importância que a tua força impeliu em mim. Um simples pernambucano, de coração piauiense, que sempre lutou pelo o bem estar da família. E que além de tudo era um sonhador de primeira constelação. Vô, meu querido Vô Nilo eu te amo. E já fará um ano desde que por um toque de mágica você sumiu deste mundo.

Obrigada, pelo orgulho que trago no peito. Pelas lições de honestidade, amor e dignidade que o senhor nos deixou. Das bençãos que o senhor sempre cobrava de nós e como elas eram demoradas...sempre com um pedido a mais, com uma proteção mais forte. O senhor era caloroso, nas coisas mais simples...nas conversas ao redor da mesa, nas datas festivas era sempre a tua voz que se sobressaia.

Obrigada, VÔ pelos passeios à cavalo, pelos banhos de riacho na fazenda. Pelas lições de vida,que muitas vezes me recusei a ouvir. Por sempre tentar ser o melhor pra nós. Eu te amo Vô e sinto muita saudade. O medo do mundo aumentou, agora há nele um a menos para me proteger, mas se eu tiver metade da tua fibra recifense eu serei muito feliz.

Fique em paz!

amamos-te!

sua neta Ananda da Costa Sampaio***

Um comentário:

thyago david. disse...

Ow..
que lindo moça.

Bom de ser ver e ler;
Gostei.

Tenho certeza que ele vai estar sempre com você.

Bjão.