21 de setembro de 2008

Dica para um amante desprevinido



Meu querido,

Queria de antemão esclarecê-lo sobre umas questões. Antes que você se torne proprietário do meu coração. Dizer-te umas regras básicas e até estabelecer alguns pontos. É, sou uma mulher moderna, então não se preocupe em ligar no dia seguinte ou em ter que abrir a porta do carro, ou puxar a cadeira para que eu sente. 


Não, não pode deixar esses bobos detalhes não convencem mais ninguém e até onde eu sei não estamos presos numa novela mexicana. Imploro, nada de melodrama ou todo esse papinho de sexo frágil e blá blá blá. Esqueça, eu gosto mesmo é de sinceridade e isso não se aprende na escola de boas maneiras... Então, meu caro não me mande flores. Sinto-me depressiva porque elas murcham e sempre sinto a sensação de efemeridade. Não, não. Presentei-me com um livro ou um dvd de um bom filme noir. Adoro clássicos, inclusive Casablanca. Se você não se sentir satisfeito com a minha companhia e não conseguir se adaptar ao meu jeito inquieto e teimoso. Pode ir, sem mais delongas. Apenas, peço que você me diga que está indo. E não se preocupe. 

Eu não ligarei para você, aprendi muito cedo a me desapagar das coisas e pessoas. E ninguém é de ninguém. Somos de nós mesmo, concorda? Quero informar que gosto da naturalidade dos acontecimentos, não precipite nada, por favor. Não me leve pra jantar no primeiro encontro, odeio comer na frente das pessoas que tenho pouca intimidade. 

É melhor irmos ao teatro, cinema ou circo.Precisamos quebrar o gelo e fingir que a atração principal não somos nós dois. Ah! Desculpe-me se eu não puder passar muito tempo com você ao telefone é que trabalho muito... e ás vezes não tenho tempo. Enfim, não vou mais me deter tanto tempo. Pode ficar chato. Todo essa papinho não faça isso, não faça aquilo... como eu disse no início: deixa acontecer. Só mais uma observação, sou uma mulher bem resolvida e tal, mas por favor...não machuque meu coração, quando isso acontece gasto uma fortuna com meu terapeuta.

Boa noite!

Ananda Sampaio***

4 comentários:

cynthia osório disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
cynthia osório disse...

É, a mim agradaria se essa Dica ultrapassasse as fronteiras dessas linhas bem traçadas, diga-se de passagem.
Adorei!
P.S: flores...é mesmo o fim rsrsr

Thyago David. disse...

'deixa acontecer'.


:D

Beijos.

Ana Amelia Teixeira disse...

rarara~, terapeuta foi otimo;rsrs
mas acho que vc não ta afim desse gatinho não...rsrss